5 dicas incríveis para te ajudar a correr na esteira

5 dicas incríveis para te ajudar a correr na esteira


correr na esteira

Muitos adeptos da corrida se arrepiam só de pensar em correr na esteira, não é? Mas esse exercício, praticado dentro da academia ou em casa, também pode ser muito prazeroso. E ficará ainda mais fácil com as dicas que lhe daremos aqui!

Correr na rua e na esteira exige o uso da força em músculos diferentes, por causa de cada superfície e do ritmo. Os ambientes internos podem ser monótonos às vezes, porém, o controle rigoroso da velocidade e da distância na esteira são vantagens que auxiliam no condicionamento, disposição física e na preparação para outras provas de rua.

Na confusão do dia a dia, essa é uma opção segura e prática, além de ser usada para treinos de qualidade como os progressivos e os fartleks. Então, quer entender isso melhor? Continue lendo e aprenda como correr na esteira!

1. Aqueça antes dos treinos

Como em toda atividade física, principalmente os exercícios aeróbicos, é necessário se aquecer antes. Afinal, seu corpo precisa de um aviso de que vai se movimentar! Comece caminhando ou trotando por uns 5 minutos, pelo menos.

2. Crie desafios diários

Desafios ajudam na motivação dos treinos e fazem com que você não fique entediado. Então, cie uma meta e mude algo todos os dias: faça um pouco mais de subidas, aumente ou diminua a velocidade, utilize os programas da própria esteira etc.

3. Preste atenção ao ritmo

O ritmo de corrida é muito importante. Passos rápidos e curtos minimizam o impacto das passadas. Depois, com o tempo o seu ritmo pode aumentar — e isso contribui tanto para correr na esteira como ao ar livre.

Saber o seu ritmo também ajuda nos seus objetivos, sejam eles de condicionamento ou para emagrecer. Inclusive, mesmo que você esteja correndo em casa, é fundamental contar com a orientação de um profissional para definir como tirar mais proveito dos seus treinos.

4. Tente não olhar o tempo todo para o visor da esteira

Olhar a todo instante para conferir o tempo e a distância é o que torna o exercício mais entediante — além de alterar a sua postura, pois você deixa de olhar para frente para verificar o quanto correu, o que pode até causar dores.

Por isso, para manter o equilíbrio do corpo, fique em posição de corrida, com os braços alinhados e a coluna levemente inclinada para frente. E, para se esquecer um pouco da telinha, coloque uma música, um filme na TV ou tablet, ou até tampe-a com uma toalha — por que não?

5. Não segure o corrimão

O corrimão é uma segurança caso precise parar de forma abrupta a corrida ou para que você não caia da esteira. Mas, se você está cansado, diminua o ritmo, pois de nada adianta correr segurando o corrimão. Isso só prejudicará sua corrida e sua postura, trazendo problemas futuros.

Enfim, viu como correr na esteira pode ser muito proveitoso e divertido? Tomando alguns cuidados e tendo a orientação correta de um profissional, você pode usufruir de treinos incríveis e motivadores!

Agora, se gostou deste post, aproveite para conferir também como evitar dores no corpo!

Autor: André Alves da Silva

Criador da nutrição esportiva em farmácias de manipulação no Brasil. Sócio e CEO da Órion Farmácia de Manipulação Esportiva.

(1) Comentários

Deixe um comentário