Solucione aqui as suas dúvidas sobre a Ioimbina

Solucione aqui as suas dúvidas sobre a Ioimbina


ioimbina

Com um nome pouco conhecido, a ioimbina tem sido utilizada há centenas de anos por nativos africanos em tratamentos de doenças comuns e também para fins afrodisíacos.

Por ser um composto natural, estimulante e que favorece a queima de gordura, o composto passou a despertar o interesse de praticantes de musculação e a ser investigada em estudos mais criteriosos.

Embora a substância seja considerada um suplemento seguro, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o seu consumo. Por isso, neste artigo, vamos mostrar como ela atua no organismo e apresentar os resultados que podem ser esperados com o uso da ioimbina. Continue lendo e confira!

O que é ioimbina e para que serve?

arvore africana ioimbina

Também conhecida como yohimbe, a ioimbina é uma substância derivada das árvores africanas chamadas Corynanthe yohimbe e Pausinystalia yohimbe. Sua maior concentração encontra-se nas cascas dos troncos dessas árvores, que são raspados para se obter a ioimbina.

Posteriormente, ela pode ser isolada e sintetizada — tornando-se cloridrato de ioimbina —, sendo então comercializada como ingrediente de suplementos alimentares ou na forma de cápsulas.

Por ser um estimulante natural e contribuir para um maior gasto energético, o consumo da substância vem sendo utilizado em pré-treinos e como queimador de gorduras.

A ioimbina também tem se mostrado eficaz no aumento da libido de homens e mulheres, pois melhora a circulação sanguínea nas regiões genitais, além de diminuir a quantidade de cortisol e elevar os níveis de estradiol.

Como funciona a ioimbina?

Esse composto pode ser considerado um antagonista dos receptores alfa-2 que atuam na mobilização da gordura como fonte de energia no nosso organismo. Tais receptores são os principais responsáveis pelo acúmulo de gordura abdominal, nos quadris e nas pernas.

Desse modo, quando a ioimbina é ingerida, ela aumenta a excitabilidade das células e estimula o sistema nervoso, ativando no organismo compostos químicos chamados catecolaminas. Estes, por sua vez, são liberados na corrente sanguínea, aumentando a pressão e a temperatura corporal, o que favorece a queima de gordura.

Quais são os seus benefícios?

Além de proporcionar mais energia e melhorar a resistência física, o consumo de ioimbina oferece outros benefícios. Veja.

Hipertrofia muscular

hipertrofia muscular ioimbina

O fato de a substância atuar como um estimulante faz com que a pessoa tenha mais disposição durante o dia, ajudando no treino mais pesado e contribuindo para uma recuperação mais rápida pós-treino, favorecendo, assim, o ganho de massa magra.

Ereção

ereção com ioimbinaDesde tempos primitivos, há registros do uso dessa substância encontrada na casca de árvores como um estimulante sexual. Ainda nos dias atuais, esse composto tem atuação destacada especialmente nos órgãos genitais masculinos.

Por ser um vasodilatador natural e promover o fluxo sanguíneo (especialmente nos corpos cavernosos do pênis), a ioimbina ajuda na disfunção erétil masculina, melhorando a potência e o tempo da ereção.

Há profissionais da área da saúde que, inclusive, receitam o uso da ioimbina para tratamento da depressão de pessoas com transtornos de autoestima devido a problemas sexuais e de baixa libido.

Perda de peso

perda de peso com ioimbina

A ioimbina também se mostra um importante aliado no processo de emagrecimento e perda de gordura localizada, que é comumente encontrada no abdômen, coxas e glúteos. Sua atuação é principalmente na aceleração da queima de gordura e supressão do apetite.

A substância se mostrou bastante eficaz no combate à gordura localizada e flacidez da pele nas regiões citadas, sobretudo se aliada a uma rotina de exercícios físicos e uma dieta balanceada com o consumo de poucas calorias.

Como a ioimbina deve ser consumida?

A ioimbina pode ser encontrada nas farmácias de produtos naturais, em comprimidos, pó ou extrato. A dose diária segura é de 0,2 mg/kg.

Por exemplo: se o peso corporal da pessoa é de 60 kg, deve-se multiplicar 60 por 0,2, resultando em 12 mg. Nesse caso, essa é a dose máxima diária de ioimbina que o indivíduo pode ingerir.

Extrato da casca de ioimbina

O extrato da casca de ioimbina pode ser obtido através de um processo natural de produção. Os efeitos verificados são menos efetivos que os encontrados na ioimbina HCL, vendida nas farmácias de manipulação.

Ioimbina HCL

A ioimbina HCL é um tipo do composto em que a própria molécula da substância foi extraída de uma fonte totalmente natural, mas passa por um processo de combinação com ácido clorídrico. Esse composto é o que apresenta melhores resultados, comprovados por atletas que utilizaram a substância.

O valor da ioimbina HCL nas farmácias de manipulação é bem em conta, por isso, se você quer desfrutar dos efeitos prometidos por ela, invista nessa versão. Além disso, para potencializar os efeitos da ioimbina recomenda-se que ela seja consumida em estado de jejum.

Vale ressaltar, ainda, que o ideal é procurar profissionais habilitados para a prescrição — como nutricionistas, farmacêuticos e médicos —, para que eles orientem a melhor forma de consumo.

Quais os efeitos colaterais?

Muitas pessoas imaginam que, por ser uma substância natural, a ioimbina não apresenta efeitos colaterais. Mas se consumida de forma incorreta, esse composto pode produzir reações adversas no organismo humano. Vejamos algumas.

Aumento de estresse e ansiedade

aumento da ansiedade com ioimbinaEpisódios de aumento de estresse e ansiedade podem ser verificados em pessoas que consomem muito a ioimbina ou a ingerem de forma inadequada. Sua ação termogênica aliada a outros fatores, como dietas restritas, pode influenciar esses sintomas.

A substância ainda pode interferir nos medicamentos para síndrome do pânico, ansiedade e depressão. Por isso, ela deve ser evitada por pessoas que fazem o uso desses remédios e também por quem tem transtornos de humor ou sintomas relacionados a distúrbios neurológicos.

Elevação da pressão arterial

Elevação de pressão arterial por ioimbina

Por provocar a vasodilatação e aumento da intensidade dos treinos, podem ser verificados episódios de hipertensão. Por isso, é fundamental não adicionar remédios como a efedrina durante seu consumo.

Outros efeitos colaterais mais leves também podem ser verificados, como:

  • problemas no fígado e estômago;
  • náuseas;
  • insônia;
  • tonturas etc.

Tanto os efeitos mais graves quantos os efeitos de menor preocupação podem derivar de um consumo inadequado ou de alergia aos componentes dessa substância. Caso algum efeito colateral apareça, procure um médico rapidamente.

Repetimos que é essencial que, antes de iniciar o uso da ioimbina, você passe por uma indicação de um nutricionista, médico ou profissional da saúde competente. Ele verificará predisposições que podem contraindicar a ingestão da substância e realizará exames para que você esteja apto a utilizá-la.

Quais resultados podemos esperar com a ioimbina?


Assim como qualquer outro composto natural, a ioimbina não tem capacidade de gerar resultados milagrosos. Nesse caso, a atividade física e uma dieta balanceada são os principais responsáveis por proporcionar efeitos positivos no corpo, já que a ioimbina apenas ajuda a acelerar esses esforços.

A substância pode trazer benefícios e ser segura quando utilizada de maneira correta. Entretanto, isso não quer dizer que ela possa ser ingerida por conta própria, pois pode oferecer algum tipo de desconforto, que deve ser comunicado ao especialista.

Por isso, é importante fazer o consumo da ioimbina somente sob recomendação médica, já que, assim, a pessoa não colocará sua saúde em risco e poderá alcançar o seu objetivo de maneira mais rápida e segura.

Gostou de conhecer as funcionalidades da ioimbina? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter e ficar por dentro de todas as novidades do mundo fitness!

Autor: André Alves da Silva

Criador da nutrição esportiva em farmácias de manipulação no Brasil. Sócio e CEO da Órion Farmácia de Manipulação Esportiva.

(14) Comentários

    1. Olá Maicon!
      Você tem disgnóstico de hipertensão, não deixe de perguntar isto ao seu médico. Ele, em posse de sua anamnese é o responsável por sua saúde.
      Obrigado por ter escrito!

  1. nossa tomei agora antes d almoco a ioimbina 10mg, quase morri, ansiedade , sudorese, vermelhidao, panico e tremores.

  2. Posso pedir para formular Ioimbina sem prescrição médica/nutricional em uma farmácia?

    1. Boa pergunta Fabrício!

      Sim, pode ser manipulado sem a prescrição médica ou nutricional, contudo será feito a prescrição farmacêutica. Nenhuma farmácia de manipulação pode produzir um manipulado sem uma prescrição. Na Órion os clientes que pedem algum manipulado de prescrição farmacêutica, as fórmulas são acompanhadas da cópia da receita do prescritor farmacêutico.
      Se deseja fazer um orçamento nos escreva via WhatsApp!
      Um forte abraço!

  3. Tem alguma referência algum relato que a ioimbina pode cortar o efeito do anticoncepcional?

  4. Aposto que quem tomou e passou mal, deve ter tomado de primeira a dose limite permitida.
    O corpo precisa se acostumar aos poucos com essa substância, ou seja, se o seu peso multiplicado por 0,2 resultar em 15 mg, não convém no primeiro momento tomar 3 cápsulas de 5 mg.
    Comece tomando uma cápsula de 5 mg e devagar aumenta a dose até o limite do seu peso.
    Seu corpo precisa acostumar.

Deixe um comentário