Testamos o Blend de proteínas. Vem descobrir os seus benefícios

Testamos o Blend de proteínas. Vem descobrir os seus benefícios


Blend de proteínas

Entrar em forma e ter o corpo desejado é uma tarefa árdua, principalmente para quem passou muito tempo tendo uma vida sedentária. Para acelerar esse processo e manter os ganhos obtidos com os exercícios físicos, você pode recorrer a suplementos alimentares, como o Blend de proteínas, que é ideal para aumentar a massa muscular. Obviamente, é importante ter a indicação e o acompanhamento de um médico, nutricionista e farmacêutico.

Você já ouviu falar nesse produto, mas ainda não sabe quais são as suas vantagens? Nós o testamos e vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre ele. Confira abaixo o que descobrimos sobre o Blend de proteínas!

O que é e como funciona?

O Blend de proteínas é um suplemento alimentar que, como o próprio nome indica, tem uma fórmula composta por diversas proteínas. Algumas das principais são a caseína, o whey protein (tanto o isolado, quanto o concentrado e o hidrolisado), os caseinatos de cálcio e de sódio, e a proteína isolada de soja.

O que difere o Blend de proteínas dos demais suplementos é o fato de ele oferecer uma absorção em cascata, ou seja, os seus nutrientes são absorvidos um a um e de forma lenta.

Por isso, o produto consegue aumentar o tempo em que os aminoácidos permanecem no sangue, elevando a demanda para os tecidos musculares e gerando o prolongamento da atividade de síntese proteica. Assim, promove boa recuperação muscular, favorecendo o ganho de músculos, além de estender a sensação de saciedade, evitando que a pessoa sinta fome constantemente.

Benefícios do Blend de proteínas pré e pós-treino

A vantagem de consumir o Blend no pré-treino é o fato de essa mistura prolongar a concentração de aminoácidos no sangue, o que evita que o atleta precise fazer uma refeição sólida logo após se exercitar. Sem falar que o Blend acelera o processo de recuperação dos músculos.

O seu consumo deve ser feito em torno de 60 minutos antes do início das atividades físicas para que surta os efeitos desejados.

Com relação ao pós-treino, o uso desse suplemento alimentar não é tão indicado, uma vez que depois da atividade física é preciso consumir uma substância de rápida absorção e que reponha os nutrientes do organismo em menor tempo.

Como consumir e onde comprar

O Blend de proteínas pode ser encontrado em diferentes fórmulas e, portanto, com uma gama diversificada de proteínas. Como escolher o produto ideal? O mais indicado será aquele que contemple as suas necessidades físicas de atleta. Para obter essa resposta é necessário consultar-se com um médico, nutricionista e farmacêutico.

Por exemplo, se você não consegue fazer refeições balanceadas regularmente, provavelmente será orientado a tomar o Blend com proteínas concentradas, uma vez que elas serão absorvidas lentamente ao longo das horas e manterão a sua saciedade estável.

O consumo do Blend de proteínas é feito com água ou com outra bebida da sua preferência. O produto pode ser comprado em diversas versões nas lojas de nutrição alimentar.

Após testar o produto, podemos concluir que o Blend de proteínas é um ótimo produto, recomendado para aqueles que possuem uma carência de proteínas de tipos diferentes e que estão em busca do aumento da massa muscular.

Gostou do post? Assine nossa newsletter e receba artigos como este diretamente na sua caixa de entrada!

Autor: André Alves da Silva

Criador da nutrição esportiva em farmácias de manipulação no Brasil. Sócio e CEO da Órion Farmácia de Manipulação Esportiva.

(3) Comentários

  1. Um bom Blend de nutriente pos treino tem uma função fundamental no organismo ajudando a síntese proteica e na construção muscular, uma boa proteína usada logo a pós o treino ajudará o desenvolvimento muscular..

    1. Olá Wellington!
      Sim, um Blend proteico com várias fontes diferentes de proteínas expande a quantidade de aminoácidos, tonando-o uma ótima opção para deficiências dos outros tipos de produtos mais restritos ao leite, por exemplo. Uma boa proteína a ser usada imediatamente após o treino deverá ser um tipo de fácil digestão. Uma proteína onde a quebra das moléculas sejam rápida, e assim aproveitar melhor a “janela de oportunidades” do metabolismo acelerado daquele momento, por exemplo a Proteína Isolada ou Hidrolisada.
      O Blend, não é recomendável após o treino por ser “Time Release”, ou seja de liberação gradual devido a quebra das moléculas de proteína terem tempos diferentes.
      Mas, uma excelente estratégia é usar um blend proteico de 8 em 8 horas, todos os dias. Simplifica a vida e você terá sempre a biodisponibilidade de aminoácidos nas 24 horas do dia, para uma perfeita recuperação muscular.
      Obrigado por sua colaboração!
      Forte abraço, André

  2. Gosto de indicar o uso do blend quando a pessoa não pode fazer uma refeição sólida ou antes de dormir para que ajude na síntese protéica e recuperação muscular durante o sono.

Deixe um comentário