Tipos de carboidratos: qual é o mais indicado?

Tipos de carboidratos: qual é o mais indicado?


tipos de carboidratos

Para executar corretamente as suas funções, o corpo humano precisa repor nutrientes todos os dias — e a ingestão de diversos tipos de carboidratos é essencial para garantir a quantidade de energia suficiente para o organismo trabalhar.

Essas substâncias são importantes para execução de todas as atividades, pois fornecem a glicose necessária para que as células do corpo realizem as funções metabólicas.

Mas, quais os tipos de carboidratos e como eles são formados? Continue a leitura e conheça um pouco mais sobre o importante papel desses nutrientes!

O que são carboidratos?

Sumariamente, pode-se dizer que os carboidratos pertencem ao grupo dos glicídios —popularmente conhecidos como açúcares. Esses compostos orgânicos são formados pela combinação de átomos de carbono, oxigênio e hidrogênio.

Quais os tipos de carboidratos?

Devido às diferenças na velocidade da digestão e no tempo de absorção, os carboidratos podem ser classificados em simples — ou seja, mais facilmente absorvidos — ou complexos, cujos processos de digestão e de absorção exigem um tempo maior.

Simples

Dentre os alimentos que contêm carboidratos simples, os mais comuns são:

  • derivados de trigo branco, como pão, macarrão, biscoitos, etc.;
  • frutas como banana, laranja, manga, entre outras;
  • mel;
  • açúcar branco.

Complexos

Os carboidratos complexos garantem a saciedade por mais tempo e, por isso, são mais indicados para quem precisa perder peso. Abaixo, confira os mais conhecidos:

  • produtos compostos por farinha integral, como pães, bolachas e biscoitos;
  • cereais e grãos, como feijão preto, soja, quinoa, linhaça, etc.;
  • frutas como maçã, abacate e lichia;
  • tubérculos como batata doce, mandioca e mandioquinha;
  • castanhas e nozes.

Quais os melhores carboidratos para o treino?

Como já mencionamos, os carboidratos são considerados umas das principais fontes de energia. Na ausência desse combustível durante um exercício físico, o nível de glicose cai e ocorre uma hipoglicemia (redução da glicose no sangue). Por conseguinte, a pessoa passa a sentir fraqueza, tontura, dores de cabeça e sensação de desmaio.

Logo, de modo a garantir a energia suficiente para realizar atividades físicas mais intensas ou mesmo os treinos de rotina, é importante ingerir carboidratos de fontes naturais ou sob a forma de suplementos.

Nesse sentido, os mais indicados para consumo antes e após os treinos são:

Maltodextrina

Produzida sinteticamente, a maltodextrina pode ser derivada do milho ou da mandioca e faz parte dos carboidratos complexos — ou seja, possui um metabolismo mais lento, o que ajuda a manter a insulina por mais tempo no sangue.

Ela ajuda também a evitar a fadiga muscular e as câimbras, favorecendo o desempenho nos treinos. Além disso, é um composto ideal para quem precisa ganhar massa magra, pois esse açúcar auxilia na hipertrofia muscular.

A maltodextrina pode ser encontrada sob a forma de suplementos alimentares e há diversos sabores desse composto energético. A sua ingestão acelera a queima de gordura, ao mesmo tempo em que fornece energia para a execução dos exercícios.

Dextrose

A Dextrose faz parte dos carboidratos simples e seu sabor e aparência são bem próximos aos do açúcar comum.

Ela é capaz de elevar rapidamente as taxas de glicose no organismo e possui rápida absorção, o que a torna ideal para ser consumida no pós treino. Favorece, ainda, a queima de calorias, a hipertrofia muscular e pode ser ingerida com outros suplementos, como a whey protein.

Palatinose

A Palatinose é um carboidrato natural oriundo da beterraba, do mel e da cana de açúcar. Seu índice glicêmico reduzido ajuda a diminuir a fome, mantendo a energia necessária para as atividades físicas.

Também recomendada para os treinos e dietas de emagrecimento, ela é facilmente encontrada em suplementos energéticos e disponível em variados sabores. Se você deseja manter o seu metabolismo funcionando corretamente durante a dieta ou na execução de exercícios, saiba que o uso suplementar da Palatinose pode auxiliar nesses objetivos.

Por fim, para obter melhores resultados e manter a saúde, os treinos devem ser monitorados por um profissional qualificado. Por isso, antes de iniciar um plano alimentar ou de exercícios, faça uma avaliação com um médico, nutricionista e educador físico, a fim de que seja prescrito o suplemento ideal conforme a sua performance.

Agora que você já sabe os principais tipos de carboidratos existentes, entre em contato conosco e conheça os melhores suplementos para o seu treino!

Autor: André Alves da Silva

Criador da nutrição esportiva em farmácias de manipulação no Brasil. Sócio e CEO da Órion Farmácia de Manipulação Esportiva.

(3) Comentários

  1. Excelente artigo.
    Um ponto a considerar: para pessoas saudáveis que buscam resultados o tipo de carboidrato ou índice glicêmico não é mais relevante que a carga glicêmica (quantidade de carboidrato) na dieta. Ou seja, não é porque o carboidrato é complexo que pode consumir exageradamente. Nesse caso também acontece o acumulo de gordura.

Deixe um comentário